melhor visualizado em 600 por 800  
 

               Em janeiro de 1984 fotógrafo e jornalista Sérgio Avellar retornou à Nicarágua para o Festival Nacional Rubén Dario.
               Foi uma visita de uma semana a convite do novo governo sandinista. Durante esse período esse jornalista e militar eventual preparou um extenso portfolio para as agências que representava e elaborou um completo dossiê que seria transformado num livro sobre o conflito que fora cobrir como correspondente de guerra e seu posterior envolvimento ativo, combatendo na luta armada, na condição de assessor de operações especiais para a guerrilha sandinista, comandando a sua coluna pelas montanhas, muitas vezes arriscando e quase perdendo a própria vida na luta armada em plena selva, levado por ideais de libertação e justiça.
               Por diversas razões esse material permaneceu inédito, arquivado por muito tempo.
               Em 2004, no dia 19 de julho, comemorou-se a queda de Anastásio Somoza, um cruel ditador subvencionado pelo governo norte-americano.
               Vinte e cinco anos depois, não mais se ouve falar sobre a Nicarágua, apesar de mais de 40.000 pessoas terem sucumbido entre a difícil revolução sandinista e uma sangrenta guerra civil em busca de uma Pátria Livre. O país se perdeu tristemente no vácuo político da América Central colonizada.
                Com texto jornalístico e ilustrado com dezenas de imagens captadas por ele mesmo em seu trabalho como correspondente de guerra para a API durante a revolução, esse livro trata dos fatos ocorridos durante uma espantosa semana em 1984, repleta de redescobertas, com suas considerações à respeito da revolução sandinista, da causa e da participação do autor na luta pela libertação daquele povo oprimido.

 
   contato:        clique abaixo para baixar o livro em PDF:  
     
  também disponível em CD.  consulte:        clique abaixo para ver algumas imagens:  
     
                                            
               
            visitantes desde a última atualização: